Momentos Mágicos x



No jardim podemos cheirar a luz das flores e colher um ramo de sol – os jardins são como os poros da pele, por onde uma cidade respira. Beber o aroma da terra, trincar a beleza das cores, afagar o invisível das brisas, retarda as rugas do tempo e o entardecer dos dias. É como inspirar vida

(João Morgado )






À sombra da acácia,

com sol à pique

no silêncio do entorno,

entre muitos tons

 de céus espetaculares

pelo horizonte espalhados,

ora azulados, amarelados 

ou alaranjados...

🌹

Na praia, 

um lindo pôr-do-sol

barcos flutuando,

alguns na prática do surf,

Pipas pelo ar,

 colorindo os ares...

🌹

No clima outonal suave,

Ao ar livre, 

tudo fica ameno...

Ou no frescor Primaveril 

que acalma...

🌹

Vivemos ambos 

em estado de graça,

Saltitando 

entre borboletas coloridas,

voando baixo e encantando...

Paramos nós, 

flutuamos com leveza.

🌹

Há êxtase total

nos jardins paradisíacos,

são momentos mágicos

de encanto fenomenal.
🌹





Querida amiga do meu 💙, Margarida, foi seu aniversário dia 29, que bom ter sua companhia atenciosa instigando nossos neurônios três vezes por mês em desafios originais.
Seja muito feliz e abençoada!
Sua amizade me é preciosa.
💐🍬🎉🎂🥂🍾🕊️🙏😘




Comentários

  1. Lindo olhar nos movimentos do dia seja nos jardins, praças, mar.
    Olhar a poesia nas estações permitir-se viver cada emoção com flores nos olhos.
    Uma linda inspiração ricamente ilustrada.
    Meu abraço à querida Margarida.
    Beijo e paz querida amiga.
    A citação de Morgado é ótima.

    ResponderExcluir
  2. Poesia linda,Roselia! E como é bom desfrutar cada momento e as belezas dos jardins no outono ou primavera... Aliás, SEMPRE é bom! Parabéns à Margarida que merece nosso carinho e sempre nos ajuda a exercitar o cérebro, como bem lembraste! beijos, às duas! chica

    ResponderExcluir
  3. Lindas imagens e poemas.
    Gostei bastante, beijinhos


    Bom feriado

    ResponderExcluir
  4. Bom dia Amiga Rosélia,
    Gostei muito da introdução de João Morgado. Poesia pura.
    O seu poema é maravilhoso e nos transporta para todos os estádios da natureza que tão bem nos fazem ao corpo e ao espírito!
    Linda música vibrante e flores belíssimas a alindar o post!
    Parabéns, para a querida Margarida. Não tenho participado, mas admiro-a muito.
    Beijinhos fraternos de paz e bem.
    Desejo um dezembro muito abençoado.
    Ailie

    ResponderExcluir
  5. Oh, querida amiga, muito obrigada! Que boa surpresa.
    Obrigada, queridos amigos, Chica, Toninho, Emília (que saudades), a vossa amizade é um tesouro.
    Um grande beijinho a cada

    ResponderExcluir
  6. Passeei tal qual borboleta, sobre as flores e perfumes dos teus versos, minha querida amiga!!!
    Realmente um encanto, seu inspirado poema e gostei demais das palavras iniciais de João Morgado!
    As fotos, lindas e deixo meus parabéns a sua amiga, Margarida, flor no nome e que por certo, uma flor de pessoa! Deus a abençoe!
    Beijinhos
    Valéria

    ResponderExcluir
  7. Boa tarde, Rosélia!

    Momentos em que nos sentimentos alimentados, satisfeitos e gratos pelas riquezas de Deus Conosco.

    Beijo!!

    Renata e Laura

    ResponderExcluir
  8. E sempre se encontram por aqui... momentos mágicos!... A presença da natureza e da sua inspiração, Roselia, numa soberba conjugação de talento poético e escolhas!
    Adorei tudo!!! Grata pela sua sempre atenciosa presença, Roselia! Tenho andado mais afastada da Net, nesta fase de mais afazeres e cansaço... e agora tratando de tudo, o que é compras desde o trivial a medicação, para evitar andar em casas comerciais o mais possível, neste mês, que uma vez mais, se torna super arriscado para pessoas com patologias crónicas, e agora com a nova variante, deixando todo o mundo em estado de sobressalto, aqui na Europa...
    Mais uma vez a época mais bonita do ano, coincide com um período de pura preocupação... adoro a quadra natalícia, mas nestes termos, nem dá para apreciá-la devidamente...
    Um beijinho grande! Continuação de uma boa semana, com saúde!
    Ana

    ResponderExcluir
  9. Um poema muito bonito e belas flores embelezam-se mutuamente. Parabéns à Margarida.
    Abraço, e muita saúde para as duas.

    ResponderExcluir
  10. Lindas as maravilhosas paisagens do poema.
    Parabéns à Margarida! Também amo os desafios do blog das 77 palavras.
    Beijos! Bela homenagem!

    ResponderExcluir
  11. Olá Rosélia,
    Lindo poema! Amo as flores como a mim mesma: é uma mistura de meiguice que abarrota meu coração. Amo você também que nos faz "voar" num Mundo diferente cheio de amor e fraternidade.
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  12. Olá Querida Amiga Roselia,
    Maravilhosas estas fotografias!
    O seu poema é sublime, gostei imenso desta passagem:
    "No clima outonal suave,
    Ao ar livre,
    tudo fica ameno...
    Ou no frescor Primaveril
    que acalma..."
    Que o seu fim-de-semana seja iluminado e muito feliz!
    Beijinho ♥

    ResponderExcluir
  13. Entrar neste teu Jardim é fruir de toda a magia que um espaço assim me pode dar. Adoro.


    Beijo
    SOL da Esteva

    ResponderExcluir
  14. Observar a natureza trás-nos sempre paz interior, são realmente momentos mágicos.
    Lindas fotos e maravilhoso poema
    Beijinhos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Apoio Florido

Odores das Mimosas

Fomentemos Flores no São João