segunda-feira, 5 de dezembro de 2022

Pétalas de Ternura (Chica)





É meu velho costume levantar-me cedo e ir ver as velhas rosas, frescas murtas, e as borboletas que de todas as partes correm a amar no meu jardim. Tenho particular amor às borboletas. Acho nelas algo das minhas ideias, que vão com igual presteza, senão com a mesma graça.

Eu mais perdido a mirar uma borboleta e uma ideia, parado no jardim da frente ...
Ela escapou-me e tive pena. Vestia umas asas azul claro com pintinhas amarelas, cor de ouro...
(Machado de Assis-A semana)







Do meu coração, 

Saltam pétalas acetinadas,

Despencam alquimias,

Desgrudam poções mágicas.

🌹

Do meu coração,

Exalam cores, sonhos,

Cheiram pétalas aveludadas,

Desprendem todos dissabores.

🌹

Do meu coração,

Desintegram-se partículas

De ternura, dotes de bondade,

Ele permanece inteiro e floral.

🌹

"O florir das árvores é um grito que nos penetra e faz acordar para a vida."

🌹

Aos que padecem a dor de perderem tudo nas enchentes que abalam cidades como consequência dos efeitos climáticos e outros. Piedade, Senhor!


Cristiane era uma curiosa, sonhadora, adentrava onde via poder encontrar maravilhas da natureza.
Um belo dia, foi por um caminho novo que nunca havia passado e se surpreendeu com o que viu.
Havia cogumelos coloridos, lindíssimos, num tom alegre, pintadinho de branco, até   se pareciam joaninhas gigantes.
Ela, muito atenta aos detalhes do cenário, tinha cuidado ao pisar na grama para fotografar.
Ia bem junto das árvores para não quebrar  as folhas secas do Outono.
Uma vez atravessado o lugar tão esfuziante, sentou-se num banquinho e se recordou dos livros de historinha que seu padrinho lhe  presenteara aos oito aninhos.
Ora, já era bem crescidinha e os contos infantis não saiam do seu coração.
Um mar de ternura era o que havia acabado de ultrapassar.
Um bosque encantado, certamente. Mesmo que ninguém acreditasse, ela conseguia adentrar nos mistérios da floresta com gnomos, fadinhas e até casinha de anões.
Nada lhe tirava o sabor doce do mundo encantado que lhe permitiu viver até aqui sem desanimar de ser o que é para sempre.

"Ser forte sem jamais perder a ternura."



Em tempo, aproveitei e fiz uma junção:

Participo da iniciativa da amiga 

💙Chica💙

♥ Botando a cabeça pra funcionar 34 ♥






16 comentários:

  1. A Citação introdutória de Machado de Assis, marcou o meu dia. Como me identifico!
    Sempre um magnífico Jardim para desfrutar.
    Parabéns e obrigado, Rosélia


    Beijo
    SOL da Esteva

    ResponderExcluir
  2. Tudo lindo e escolheste muito bem o trecho do Machado de Assim e o vídeo lindo!
    Tua poesia alegre, bondade ,carinho e ternura que saem do coração e ele íntegro, continua a tudo isso abrigar! LINDO! beijos, ótimo fds e que cessem os alagamentos pelas cidades do nosso Brasil! chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Voltei pra ver a participação! Que amor ficou e como a personagem, eu também sempre adorei os cogumelos e os associo com os anõezinhos e gnomos encantados. Magia pura que não podemos perder. Minha mãe bordava nos meus vestidos joaninhas e cogumelos...Lembro até hoje! Adorei! Obrigadão! beijos, chica

      Excluir
  3. Lindo o vídeo, o poema, e as fotos. Boa a escolha do Machado de Assis como introdução.
    Abraço, saúde e bom domingo

    ResponderExcluir
  4. Boa tarde Amiga Rosélia,
    Uma introdução linda de Machado de Assis,assim como a música.
    O seu poema é maravilhoso!
    Doce poetar de um coração pleno de amor e bondade.
    Desejo-lhe continuação de bom domingo e santo Advento.
    Beijinhos fraternos e carinhosos.
    Ailime

    ResponderExcluir
  5. Olá Rosélia,
    A chuva revitaliza os campos, mas as inundações quase sempre são muito prejuízo. Saúde e esperança em melhores dias.
    Também gosto de mirar borboletas.
    O vídeo é muito bonito. O pincel de Deus faz maravilhas. Amei.
    Beijinhos e passe uma boa semana.

    ResponderExcluir
  6. Querida amiga Roselia!
    Que bom ler Machado de Assis, as fotos e o seu poema que sempre respinga carinhos e perfumes das flores em nós, é muito gratificante ler-te.
    Ah amiga! As chuvas nos trazem alegrias, mas quando vem com muita intensidade causando destruição e acabando com os sonhos de algumas pessoas(é triste).
    Que Deus nos abençoe e proteja a todos.

    Tenha dias abençoados, uma feliz nova semana.

    Beijinhos 🌹

    ResponderExcluir
  7. Olá, amiga Roselia!
    Excelente texto de Machado de Assis. Complementado com belas imagens!
    Excelente partilha.
    Votos de uma feliz semana, com muita saúde.
    Beijinhos, com carinho e amizade.

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Uma publicação bastante inspiradora!!
    .
    Gosto da minha solidão ...
    .
    Beijo
    Votos de uma excelente semana.

    ResponderExcluir
  9. Uma participação que muito me encantou, querida Roselia
    Delicada bem do seu jeitinho.
    Um beijinho carinhoso de paz e bem.
    Verena.

    ResponderExcluir
  10. Boa tarde Amiga Rosélia,
    Voltei para ler sua linda participação no Desafio da Chica!
    Lembranças boas de menina com histórias maravilhosas de anões e de fadas nas florestas, que também preenchiam meu imaginário!
    Muito terna e linda sua história com gratas
    memórias.
    Beijinhos carinhosos e fraternos de paz e bem.
    Semana muito abençoada.
    Ailime

    ResponderExcluir

  11. "O florir das árvores é um grito que nos penetra e faz acordar para a vida."
    Linda reflexão querida, trouxe mais cor para o meu dia!
    Abraços e boa semana!

    ResponderExcluir
  12. Também adoro borboletas, amiga
    infelizmente verificamos que muitas têm desaparecidos,
    será devido aos pesticidas?
    então é uma pena, são florinhas vivas e que se deslocam ao sabor dos raios do sol
    Olha Rosélia acabei de deixar no blogue da Chica um pequeno texto sobre os cogumelos
    e agora encontro aqui alguns laivos de inspiração com alguma semelhança:)
    beijinho, até mais tarde

    ResponderExcluir
  13. Lindo post e criatividade. Junções perfeitas, a música e palavras de Machado muito me sgradaram, Bjsss.

    ResponderExcluir
  14. Olá Querida Amiga Roselia, como está tudo por aí?
    Adoro as suas publicações, sempre tão delicadas e cuidadas. As fotografias são belíssimas. O seu poema muitíssimo bem escrito. Que o seu fim de semana seja muito feliz. Beijinhos grandes

    ResponderExcluir
  15. Uma belíssima participação, que nos remeteu para um universo de encantar, como tão bem sugere a foto da Chica... e que as suas imagens e demais inspirações, tão bem complementaram, e que nos conduziram a um belo e aromático jardim poético, pleno de aromas e emoções...
    Pois é!... As alterações climáticas andam causando estrago por todo o lado. Lisboa e arredores... também têm sido palco, de sucessivos sobressaltos, com chuva em quantidades muito acima do normal, ao longo desta semana... só num dia, em duas horas, foi o suficiente, para lançar toda esta vasta região num caos... e com imenso prejuízos... havendo uma morte em Algés a lamentar. Foi um fenómeno extremo inesperado... sendo cada vez mais expectáveis, com o clima, a perder todos os normais padrões...
    Belíssimo post, Rosélia, que nos faz abstrair dos sobressaltos do mundo...
    Beijinhos!
    Ana

    ResponderExcluir

Gentileza Florescente

"Todo jardim começa com um sonho de amor. Antes que cada árvore seja plantada, antes que cada lago seja construído eles têm que existir...